quarta-feira, 30 de julho de 2014

UMA AVENTURA NOS ANDES


Recordações de um mochileiro


Nos longínquos anos das décadas de 60 e 70, conheci um cara que gostava muito de viajar. Era um aventureiro sonhador: queria conhecer muitos países e subir nas montanhas mais altas, na esperança de tocar o céu com os dedos. Numa dessas saídas, viajou para os Andes bolivianos e chegou até o Titicaca, o lago mais alto do mundo, na divisa com o Peru.
Lá em cima, olhando para o infinito e encantado com aquela imensidão de água e céu azul, sacou essa foto que vemos nesta página. Ele me deu uma cópia, e me pediu:

- “Guarde-a com carinho, pois esse foi momento em que mais me amei”.

Foi o que eu fiz: guardei a foto. 

Entretanto, passados tantos anos e com a idade já avançando – sinto muito dizer - até esqueci o nome dele. 
Hoje, ele deve estar bem mudado mas, se você o reconhecer, diga-lhe que mando um abraço com muita saudade daqueles bons e velhos tempos.

Um comentário:

  1. Eu também percorri a região andina contada na história. Dá saudades!

    ResponderExcluir